Amado…

Amado…

O ESTRESSE está em todo lugar! É refletido em nossos corpos, em nossos relacionamentos, inclusive no nosso relacionamento com Deus. É difícil encontrar tempo disponível para intimidade, porque isso toma tempo.

Tempo é uma necessidade. Você gostaria que pudesse ser comprada? você poderia simplesmente comprar tempo de paz, quietude, diversão, tempo para fazer as coisas que gostaria de fazer se não vivesse tão apressado. Ou talvez tempo para pensar e ter a perfeita atmosfera para isso. Seria maravilhoso, não é verdade, amado?

Oh! Caríssimo, haverá sempre tensão na vida! Mas somente aquela necessária, sadia, tensão criativa e não um sufocante estresse. Casamentos, famílias e a vida pessoal estão desintegrando-se, pessoas estressadas correndo, retraindo, explodindo, desmontando, esgotando-se e finalmente sentindo-se completamente sozinhos.

Amado, eu acredito que o maior responsável pelo estresse seja a maneira como reagimos, mais do que a maneira que agimos. Nós nos locomovemos tão rapidamente que não paramos para considerar o nosso futuro. O que o futuro nos reserva? O que irá nos custar? Estamos dispostos a pagar o preço? Nós simplesmente nos locomovemos. Nós reagimos ao imediato.

É assim que você está se sentindo hoje, amado? Eu sei, porque esta é uma área que eu tenho batalhado. Eu quero fazer tudo. Eu tenho tantas ideias e me entusiasmo com o desafio de uma nova aventura, o potencial de um projeto, então tenho uma reação instantânea. Eu digo sim, quando deveria dizer não, esquecendo que o meu tempo já está tomado com outras coisas. Nós reagimos em resposta à nossa própria carne e não sob o controle do Espírito Santo.

Você vê, amado. Deus conhece o que cada um de nós está passando. Ele conhece as pressões que estamos sofrendo. Ele conhece os nossos conflitos, e tem a provisão para cada uma dessas situações. Oh! Amado, essa provisão é Ele mesmo, na pessoa do Espírito Santo, habitando em nós e nos dando poder para respondermos corretamente.

Esta resposta libertadora está contida em uma simples palavra e se você entender o significado dela e colocá-la em ação em sua vida, através da graça e do poder do Senhor, eu posso garantir que você saberá como andar no controle do Espírito, e nenhuma situação ou circunstância estressante em sua vida irá estar acima de sua habilidade de manejá-la.

A palavra é mansidão! Mansidão é chave para agir, ao invés de reagir, quando somos confrontados por desapontamentos. Vê, Amado, mansidão contém a ideia de humildade e submissão, é colocar-se em segundo plano. Deus está trabalhando em implantar mansidão no mais íntimo do nosso ser. A maneira que Ele usa para implantar mansidão em nossos corações é através de desapontamentos e provações.

Quero encorajá-lo a olhar em Deuteronômio 8:2-3. Observe o que Deus permitiu Seu povo escolhido e amado passar e por quê: Lembrar-te-ás de todo o caminho pelo qual o Senhor teu Deus te guiou no deserto estes quarenta anos, para te humilhar e te provar, para saber o que estava no teu coração, se guardarias ou não os seus mandamentos. Ele te afligiu, e te deixou ter fome; depois te sustentou com maná que não conhecias, e que os teus pais também não conheceram, para te dar a entender que não só de pão vive o homem, mas de tudo o que sai da boca do Senhor.

Lembra-se como o povo de Israel vagou pelo deserto, por quarenta anos, depois de sair do Egito? Quando você está vagando no deserto você não está plantando e colhendo e por isso enfrenta a fome.

Era a obrigação de Deus – como Deus e Redentor deles – providenciar para todos as suas necessidades (assim como é responsabilidade dele providenciar as suas e as minhas necessidades). Um dos nomes de Deus é Jeová Jire que significa: “O Senhor proverá. “Ao providenciar para o povo de Israel no deserto, Deus disse a eles para colher maná todos os dias. Na primeira manhã que foram e encontraram o maná no chão parecendo geada, eles disseram: “O que é isto? “ Era maná. A palavra maná vem da expressão hebraica para “o que é isto? “ Deus disse a eles que não queria que guardassem maná para o dia seguinte. Ele lhes disse que teriam que colher, o suficiente, todas as manhãs. Somente no dia antes do sábado, eles poderiam colher o bastante para dois dias e manter o maná por esse período.

O que Deus estava fazendo? Amado, Deus os estava alimentando, mas estava também fazendo algo mais, Ele estava lhes ensinando uma lição de mansidão.

Deuteronômio 8:2 diz: “para te humilhar”, “te afligir”, o próprio versículo afirma. A palavra hebraica traduzida como “humilhar” vem da raiz que significa afligir, oprimir. O resultado da aflição, opressão e humilhação seria humildade e mansidão que Deus estava implantando em suas vidas.

Deus permitiu que passassem fome, deu-lhes um pouco de aflição e dificuldade. Por quê? Era um teste, a passagem diz: “ para provar, para saber o que estava no teu coração, se guardarias ou não os mandamentos. “ Ele queria que certos atributos fossem testados e aprovados em seu caráter – assim como Ele faz com o seu e com o meu, amado. Queria que eles crescessem na fé, para ensinar-lhes um fundamento sobre a vida: que não vivamos somente do pão, “mas de tudo o que sai da boca do Senhor. “ Vida é muito mais do que alimentação, vestuário e abrigo. A vida real está na dimensão espiritual, no reino de Deus, em uma total dependência dele e no pão da Sua Palavra.

A mansidão nasce no estresse, na provação, na aflição, no conflito, nas dificuldades. Mansidão nasce em situações que humilham. A mansidão que Deus tanto valoriza em sua vida, será demonstrada e irá aprová-lo, na opressão, na pressão e no desapontamento. Isto foi uma realidade para o povo de Israel e será também uma realidade para mim e para você.

Deixe-me fazer uma pergunta, amado: Quando você mais busca a Deus? Quando você ora mais? Não é quando você se sente mais ferido? Quando você está desapontado, estressado, pressionado é que você passa a depender do Senhor, ao invés de depender de si próprio.

Deus trabalha na aflição! É quando estamos atravessando aflições que estamos dispostos a ver isto. Vá ao Salmo 119, e veja o coração de alguém que realmente entende, porque está atravessando uma séria provação. “Bem sei, ó Senhor, que as tuas leis são justas, e que em tua fidelidade me afligiste” (versículo 75). “Antes de ser afligido andava errado, mas agora guardo a tua palavra” (versículo 67). E versículo 71: “Foi bom ter sido afligido, para que aprendesse os teus decretos. “Amado, no sábio cuidado de Deus, é bom para nós, que sejamos afligidos. Oh! Eu sei amado, às vezes você pensa que não vai sobreviver, mas você irá entender: “Foi bom ter sido afligido, para que aprendesse os teus decretos”.

Você está passando por uma situação difícil, uma provação? Você acha que está sofrendo mais do que pode aguentar? Não, amado. Qualquer que seja a situação, qualquer que seja o estresse, é para ajudá-lo e não o destruí-lo. Foi permitido por Deus para moldá-lo à imagem do Seu Filho e não o desfigurá-lo por toda vida. Deus não nos testa para ver se falhamos, mas para nos mostrar o quanto somos fortes. Ele quer que tiremos nota dez no exame!

Prezado, Deus é fiel! Nosso fiel e soberano Deus não irá permitir que sejamos provados, testados acima do que podemos suportar. Mas com cada prova, teste, Ele provê um meio de escape. A Sua graça será suficiente para qualquer coisa que venha ao nosso caminho.

Amado, não importa o que aconteça conosco – Deus está total, completa e absolutamente capacitando e preparando-nos para isto. Por isso não vamos nos debater quando encontrarmos essas provas, desapontamentos, opressões e situações humilhantes. Deus está no controle delas e em Seu perfeito plano Ele as permite para nos ensinar a agir ao invés de reagir. Nós estamos sendo treinados, amado.

Mateus 11:28-30 Jesus diz: “ Vinde a mim todos os que estais cansados e sobrecarregados”. A pressão está fazendo com que se sinta fraco? Jesus prometeu: “Eu vos aliviarei”, e mais: “encontrareis descanso para as vossas almas”.

KayOutside4_6x9

KaySignature

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *